Novidades da Versão 7.9.1

cristinareis/ julho 12, 2016/ Novidades ERPFlex

Redução do MVA para venda destinada a clientes do Simples Nacional

No cadastro de NCM, foi disponibilizado o campo %MVA Red Simples Nacional, que permite definir por estado um percentual diferenciado de MVA quando o cliente é do regime Simples Nacional.

Embasamento Legal

À princípio, essa melhoria foi desenvolvida para atender ao decreto estadual nº 3.467,  que define a alguns segmentos de empresas o beneficio de redução de 70% da MVA, nas operações internas e interestaduais, que destinem mercadorias para empresas enquadradas no simples nacional, localizadas em Santa Catarina.

Todavia, o tratamento está disponível para qualquer estado que oferecer o mesmo benefício.

Processo no ERPFlex

Cadastro de NCM > aba MVA por Exceção
  1. No estado com beneficio, no campo % MVA Red. Simples Nacional, informe o percentual a ser aplicado (já reduzido) e marque também o box Não ajustar margem.
    mva
  2. Em seguida clique em OK e depois Gravar.
Cadastro do Cliente
  1. No cadastro do cliente com benefício de redução do MVA, o campo Regime de Tributação deve estar configurado com a opção Simples Nacional.cliente_simples
Faturamento
  1. Ao realizar o faturamento para cliente do Simples Nacional, o %MVA é carregado conforme definido no cadastro do NCM.
    cliente_simples

Controle de disponibilidade de armazém

No Cadastro de Armazém, foi criado o campo “Disponível para Venda” que permite disponibilizar ou não o saldo em estoque de um armazém para venda.

disp venda

No browse, a coluna “Disp. Venda”  identifica se o armazém está ou não habilitado para venda.

armaz disp

As telas de Faturamento e Receita passam a realizar a validação, permitindo a saída do estoque apenas de armazéns disponíveis.

Melhoria no controle das movimentações de estoque por armazém/lotes

Desenvolvido tratamento para que as movimentações de lotes estejam sempre vinculadas a um armazém, isso garante a integridade nos lançamentos em envolvem esses controles.

O que mudou?

Clique nos links para conhecer os detalhes das alterações realizadas em cada uma das telas:

Inclusão de Lançamentos

O botão Lote exibido ao lado do campo Quantidade passa a ser identificado como “Armazéns/Lotes“. Esse botão deverá ser usado quando o produto é controlado por lote.

Em caso de produtos sem controle de lote, mas movimentados de diferentes armazéns, pode-se utilizar o campo Armazém apresentado abaixo da seleção do Produto.

Na área com o saldo do produto por variante, foi incluída a coluna com o saldo total nos armazéns indisponíveis. E a coluna Saldo Disponível passa ser calculada pela fórmula: Saldo-Reserva-Indisponível

lote_02

Alteração de Lançamentos

Após a gravação do lançamento, o sistema inibe o campo Armazém exibido abaixo do campo Produto. Qualquer alteração de armazém deverá ser realizada pelo botão Armazém/Lote.

lote_01

A quantidade comprada pode ser distribuída em diferentes armazéns e associada a lotes já existentes ou a novos lotes.

Exemplo:

Na inclusão de 20 unidades do produto Camiseta, é possível armazenar 10 camisetas no Armazém A, Lote 1 e as outras 10 camisetas no Armazém B, Lote 2.

» Como Fazer
  • Ao clicar em Armazém/Lote, escolha ou crie um armazém/lote e informe a quantidade, por exemplo 10 (de 20) e clique em OK;
    lote2
  • A tela de inclusão de lotes é mantida aberta para completar a quantidade comprada.
    Note que no campo Quantidade restou o saldo a ser armazenado e na tela ao fundo, é exibida a quantidade do lote já informado.
    lote3
Inclusão de parte dos produtos em outro armazém/lote
  • Para o saldo restante, informe um outro armazém e o respectivo lote, que pode ser novo ou um já existente. Para confirmar, clique em OK:
    lote4
  • Na tela com a lista dos lotes, clique no botão OK para fechá-la e prosseguir com o processo de compra.
    lote5
    Quantidades do mesmo produto inseridas em armazéns/lotes diferente

Na tela de Classificação de itens em Lotes, agora é possível editar o armazém, o lote e as quantidades definidos na tela de Compras, desde que respeitada a quantidade total da entrada.

Exemplo:

Na compra de 20 unidades do produto Camiseta, foram armazenadas 10 camisetas no Armazém A, Lote 1 e as outras 10 camisetas, no Armazém B, Lote 2.

Na tela de classificação de itens em lotes, pode-se alterar essa distribuição: por exemplo, ter 5 unidades no Armazém A, Lote 2 e 15 unidades no Armazém B, Lote1.

Como fazer:

  • Na tela de classificação, marque a caixa Mostrar os itens já classificados e clique para alterar o lançamento.
    lote 13
  • Realize a edição dos dados do lote por armazém.
    Observação: O sistema impedirá alteração que provoque quantidade negativa para o lote. Essa situação pode acontecer caso já tenha ocorrido saída do lote e se tente uma reclassificação com quantidade menor.
    lote11

 

 

No Orçamento e Faturamento, a quantidade vendida pode ser retirada de diferentes armazéns e lotes.

Exemplo:

Na venda de 10 unidades do produto Camiseta, pode-se retirar 5 camisetas no Armazém A, Lote 1 e as outras 5, do Armazém B, Lote 2.

» Como Fazer

  • Ao clicar no botão Armazéns/Lotes, serão apresentados todos os lotes e armazéns do produto que estão disponíveis para venda.
  • Clique sobre o armazém do qual o produto será retirado e, em seguida, no botão Informar a quantidade de saída deste armazém/lote.
    lote8

 

  • Informe a quantidade que será retirada do armazém/lote e clique em OK para confirmar.
  • Repita o processo até concluir a quantidade total vendida.
  • Para finalizar, clique em OK.
    lote9
  • Em seguida, será apresentada a tela demonstrando a quantidade retirada de cada armazém/lote.
    Apresentando a quantidade de saída de cada armazém/lote para o mesmo produto
  • Clique no botão OK para prosseguir com a operação de venda.

Na tela de Classificação de itens em Lotes (faturamento), agora é possível editar o armazém, o lote e as quantidades definidos na tela de Faturamento.

O processo é o mesmo utilizado em Compras.

Nas telas de movimentações internas do estoque, a quantidade pode ser movimentada de/para diferentes armazéns e lotes.

Veja a seguir um exemplo utilizando a tela de Transferência de Estoque entre Empresas.

» Como fazer

  • Na aba Origem, informe o produto, a quantidade que será transferida da empresa origem e clique no botão Armazém/Lote.
    lote16
  • Em seguida, escolha o armazém/lote e digite a quantidade a ser transferida.lote17
  • Clique em OK para confirmar.
    É possível compor a quantidade, baixando de diferentes armazéns e lotes.
  • Repita o processo até concluir a quantidade total da transferência.
  • Ao final, clique em OK para fechar a janela de Lotes e prosseguir com os dados da transferência.
  • Na aba Destino, escolha a empresa destino, o produto e clique no botão Armazém/Lote.
  • Escolha em qual armazém e lote de destino.
    Caso o lote não exista na empresa destino, é possível criá-lo preenchendo o campo Lote Novo. A quantidade a ser transferida já vem preenchida.
    lote18

Na tela Detalhes da Variante, aba Estoque, foi incluída a coluna Lote que discrimina o saldo de cada lote por armazém.

lote7

Tela de Estoque com saldo por armazém/lote

Na consulta Saldos e Movimentos de Produtos, foi incluída a coluna Lote para demonstrar o lote utilizado em cada operação de entrada ou saída no armazém. Nos lançamentos que movimentaram múltiplos armazém e lotes, estes são apresentados separados por vírgula.

lote6

Tela de Movimentações do Produto com apresentação das colunas armazéns e lote vinculado ao produto

Nas integrações de API, Zanthus, Lojas virtuais e Importação de Receitas/Despesas

Se o parâmetro Obrigatório informar o lote nos itens de saída (Parâmetros> Produtos > Lote) estiver configurado com Sim, não será possível gravar transações no sistema que sejam oriundas de API, Zanthus, lojas virtuais, bem como realizar a importação de receitas e despesas.

Importação de Saldos Iniciais do Estoque

Na importação de saldo via planilha de importação, o saldo sempre carregado no armazém padrão. Para definir outro armazém/lote, execute a operação de transferência, utilizando a opção Requisições, Devoluções e Transferências.

Para atender ao novo modelo de controle de lotes por armazéns, foram realizadas as seguintes mudanças na estrutura de gravação dos dados:

Novas Tabelas:

  • SBL – Cadastro de Lotes
  • SB2_SBW_SBL – Estoque por Armazém/Lote (substitui a SB2_SBW_LOTE, que deixa de existir)
  • SD4 – Movimentação de Produtos por Armazém/Lote
    Até a versão passada, essa tabela armazenava apenas os lotes, agora passa a conter a movimentação dos produtos por armazém/lote.
    A mudança principal é que quando um item de venda era retirado de vários armazéns, o usuário precisava incluir várias linhas do produto nos itens da nota fiscal. Com o novo processo, isso não é mais necessário, pois a distribuição fica armazenada na tabela SD4.

Títulos a Receber – Email dos Boletos com link da Nota Fiscal de Serviço do Rio de Janeiro

Disponibilizada a variável LINK_NFSe para uso no corpo do email do boleto, permitindo ao cliente acessar a nota vinculada no site da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Para diferenciar da mensagem para envio de boleto referente ao Danfe, podem ser utilizadas as variáveis de inicio e fim INICIO_MENSAGEM_NFSeFIM_MENSAGEM_NFSe. Assim, o texto que estiver dentro dessas tags somente será usado no envio de boleto com nota modelo 00 – Serviços (NFSe).

Exemplo:

Prezado cliente,
Segue o boleto do título para quitação.

INICIO_MENSAGEM_NFSe

E o link para acesso a sua nota fiscal LINK_NFSe.

FIM_MENSAGEM_NFSe

Atte.

Departamento Financeiro
GRUPO XXX

» Como parametrizar o corpo do email dos boletos com o link da NFEs:

  • Acesse Parâmetros > Financeiro > Envio de Boletos, digite a mensagem inserindo as variáveis conforme o exemplo:
    .
    email_boleto
  • É importante lembrar que para envio do boleto por email, é necessária a configuração do parâmetro SMTP.
  • Com a configuração realizada, basta gerar o faturamento e enviar o RPS para prefeitura. Após a validação, acesse a tela do financeiro e faça o envio do boleto por e-mail para o cliente.

enviobol12

Email nfse carioca

Variáveis de instruções no boleto para exibir a razão social e o CNPJ da empresa origem

Para grupo de empresas que utilizam a consolidadora para emitir boletos dos títulos gerados pelas filiais, estão disponíveis variáveis que exibem, nas instruções do boleto, os dados da empresa de origem do título. São elas:

  • <EMPRESA_ORIGEM_RAZAO>
    Apresenta a razão social da empresa que deu origem ao título
  • <EMPRESA_ORIGEM_CNPJ>
    Apresenta o CNPJ da empresa origem do título

»  Para utilizar as variáveis:

  1. No cadastro de banco, na aba Dados do Boleto, informe as variáveis nas linhas de instruções do boleto. Observe a seguir:
    empresa e cnpj origem1
  2. Ao gerar o boleto, os dados da razão social e o CNPJ da empresa origem são impressos nas linhas de instruções.
    boleto razo e cnpj origem
Geração do arquivo de remessa do Banco Santander

Na geração do arquivo remessa para o Banco Santander, com uso de carteira em que o banco imprime os boletos, as informações geradas pelas variáveis também serão incluídas no arquivo.

dica2 Dica:

Caso utilize as duas variáveis na mesma linha de instrução, certifique-se de que o tamanho do conteúdo (razão social + CNPJ) não ultrapasse o limite de 50 caracteres. Esse é o tamanho máximo permitido no layout do banco; já na impressão do boleto, a quantidade é bem maior.

remessa cnpj e empresa origem

Nota Fiscal de Serviços – Itajaí – SC

Disponibilizada a Nota Fiscal de Serviços do município de Itajaí em Santa Catarina, com recurso de transmissão via Webservice.

» Para configuração da nota:

  1. Acesse Cadastros > Configurações Fiscais > Tributação de Serviços;
  2. Na aba Dados Cadastrais, preencha os campos:
    • Código ISSQN
    • Descrição ISSQN

dados cadastrais1

 

nfse itajai inteira1

Variáveis Flexcel DB com formatação para data e valor

Desenvolvido tratamento para formatação adequada da impressão dos campos tipo escolha, memo com caracteres especiais, data e valor do Flexcel DB. Para tanto, as variáveis devem ser usadas com a seguinte estrutura:

  • <_cpo001_> – para variável de cabeçalho
  • <_cpo001_/>  – para uso dentro de lista XML

Exemplo 1:

Suponha que o campo $cpo001 corresponda a uma data e está localizado no cabeçalho do orçamento:

  • Ao usar a variável <_cpo001_ >, o formato de impressão será dd/mm/aaaa.

Exemplo 2:

Suponha que o campo %cpo001 corresponda a um valor e está inserido nos itens do orçamento:

  • Ao usar a variável <_cpo001_ /> em uma lista XML, o formato de impressão será X.XXX,XX.

<LISTA_ITENS_ORC_XML>

<_cpo001_/>

</LISTA_ITENS_ORC_XML>

Formulários RTF

Tela Faturamento

Disponbilizada a variável <XXX_LoteArmazem /> para uso dentro da LISTA_LOTES_XML, que possibilita a impressão do nome do armazém de saída, além de todos os dados do lote.

Observação: Lembrando que é necessário incluir todas as variáveis que você queira listar dentro da lista <LISTA_LOTES_XML>, não devendo utilizar a lista <LISTA_ITENS_NOTA_XML>.

Exemplo da forma de utilização das variáveis na lista:

 Código  Qtd  Val. Unit.  Total  Lote
<LISTA_LOTE_XML>  <LISTA_LOTE_XML>  <LISTA_LOTE_XML> <LISTA_LOTE_XML>  <LISTA_LOTE_XML>
<SB1_Codigo/>  <SB1_Qtd/>  <SD2_PrcUni valor=”1″/>  <SD2_ValItem valor=”1″/>  <XXX_LoteArmazem/>
</LISTA_LOTE_XML>  </LISTA_LOTE_XML>  </LISTA_LOTE_XML>  </LISTA_LOTE_XML>  </LISTA_LOTE_XML>

 

Como será impresso pelo sistema:

 Código Qtd Val Unit Total Lote
6980124  2,00  10,00 20,00 Lote:abc|Dt Validade:08/08/2017|Armazem:Entrega|Qtd: 2.00