Processo de contabilização da apuração de impostos

As empresas que possuem créditos de impostos devem classificar de forma adequada a entrada dos produtos e também configurar os parâmetros sobre o custeio do estoque. Observe a seguir todo processo para contabilização:

Parametrização envolvida

  1. Acesse Cadastros > Ferramentas Sistema > Parâmetros;
  2. Clique nas abas Faturamento-Compras > Compras-Padrões;
  3. Habilite os seguintes parâmetros, conforme os créditos que sua empresa possui:
    • Subtrai o ICMS para entrada no estoque?
    • Subtrai o IPI para entrada no estoque?
    • Subtrai o PIS para entrada no estoque?
    • Subtrai a Cofins para entrada no estoque?
  4. Para as empresas com crédito de ICMS-ST, é necessário preencher o parâmetro:
    • CFOPs com direito a crédito do ICMS-ST. Na compra, o custo será subtraído na entrada para o estoque (separar por vírgulas)
  5. Acesse Cadastros > Ferramentas Sistema > Parâmetros, aba Contas, para identificar as contas envolvidas na apuração. Exemplo:
    • PIS a Recuperar – 101050503
    • PIS Despesa – 3010101030400
    • PIS a Recolher – 201010690
  6. Saiba que em caso de haver crédito, o ERPFlex irá armazenar no serviço associado em Cadastros > Ferramentas do Sistema > Parâmetros > Faturamento-Padrões, aba Tributos.

Classificação fiscal das Notas de entrada

  • Crédito de ICMS
    A lista de CFOPs com crédito é tratada internamente pelo ERPFlex. Veja no tópico: Processo de entrada de produtos
  • Crédito de IPI
    Verifica se o CST IPI é 00 – Entrada com Recuperação de Crédito.
  • Crédito de PIS
    Verifica se o CST PIS é do grupo 50 e 60 – com direito a crédito.
  • Crédito de Cofins
    Verifica se o CST Cofins é do grupo 50 e 60 – com direito a crédito.

Criação de Serviços e Fornecedores para lançamento da Apuração

  1. Crie serviços com a denominação “Crédito de nome do imposto”  (exemplo: Crédito de PIS) para lançar a guia da apuração de cada tributo e reduzir o crédito no valor a pagar.
  2. Crie também serviços com a denominação “Despesa de nome do imposto”  (exemplo: Crédito de Cofins) para lançar a guia da apuração de cada tributo, informando o valor do débito do tributo.
  3. Crie também os fornecedores específicos para pagamento de cada tributo.
    Exemplo: Órgão Arrecadador (nome do tributo) -> Secretaria da Receita Federal (PIS).

De/Para sobre os serviços e fornecedores criados

  1. Acesse Cadastros > Configurações Sped > De/Para Contas Sped para Contas ERPFlex.
  2. Realize os De/Para, conforme o exemplo abaixo:
    Fornecedor Plano Referencial
    Secretaria da Receita Federal (PIS) 2.01.01.06.90 Outros Tributos a Recolher
    Serviços Plano Referencial
    Crédito de PIS 1.01.05.05.03  PIS e Cofins a Recolher
    Despesa de PIS 3.01.01.01.03.04.00 (-) PIS/Pasep

Relatório de Apuração de Impostos

  1. Acesse Consultas e Relatórios/Fiscal/Apuração de Impostos.
  2. Informe o período de apuração e o tributo a ser apurado. Exemplo: PIS
    São apresentadas todas as notas faturadas, o imposto devido, as retenções nas vendas, as compras, os créditos, o valor líquido a pagar ou a crédito.

Lançando o Recolhimento do imposto

  1. Acesse Lançamentos > Compras > Compras, clique em +Despesas.
  2. Informe:
    Fornecedor   Selecione o órgão arrecadador do imposto.

    Exemplo: Secretaria da Receita Federal (PIS)

    Itens da Despesa
    Serviço Valor
    selecionar o serviço:

    Crédito nome do imposto

    Exemplo: Crédito de PIS 

    Informe o valor do crédito com sinal negativo à frente

    Exemplo: -408,85

    selecionar o serviço:

    Despesa nome do imposto

    Exemplo: Despesa de PIS 

    Informe o valor do débito relativo às vendas

    Exemplo: 447,85

    aba Pagamento
    O saldo entre o débito do tributo e o crédito será o valor a ser recolhido para o governo.

Geração do Sped Contábil e Emissão dos relatórios contábeis

Para visualizar os lançamentos realizados, efetue a geração do arquivo Sped Contábil (ECD/ECF) e, em seguida, imprima o Balancete.