Reconciliação Bancária

A tela de reconciliação bancária ajuda a conferir se as baixas realizadas dos títulos realmente constam no extrato bancário. Seu objetivo é verificar se os lançamentos feitos no sistema coincidem com aqueles feitos no Banco, marcando aqueles que estão consolidados.

É importante destacar que essa tela não realiza movimentos de baixa, devendo, portanto, ser utilizada para apenas para auditoria ou conferência.

Lançamentos encontrados no extrato e não encontrados no sistema, como encargos e outras taxas, devem ser lançados em Despesas para possibilitarem a reconciliação.

Lançamentos pendentes (cheques emitidos, mas não depositados; cheques recebidos, mas que ainda não foram creditados) geram uma diferença que ficará evidente nesta tela; nesse caso, deve-se realizar o estorno da baixa.

Lembre-se: é importante fazer a Reconciliação Bancária DIARIAMENTE.

Reconciliando as baixas 

  1. Acesse o menu Lançamentos > Financeiro > Reconciliação Bancária;
  2. Selecione o banco para reconciliar os lançamentos.
    Serão listadas todas as baixas a receber e a pagar ainda não reconciliadas.
  3. Clique nos lançamentos que constam no seu extrato.
    À medida que os lançamentos são marcados, o lado direito da tela é atualizado. Conheça a seguir como deve ser interpretada cada uma das informações:

    Apuração do Saldo
    Saldo no sistema    exibe o saldo atual no banco registrado no ERPFlex.
    (+) Entradas pendentes   exibe o valor total das baixas a receber realizadas no ERPFlex e ainda não marcadas como reconciliadas.
    (-) Saídas pendentes     exibe o valor total das baixas a pagar realizadas no ERPFlex e ainda não marcadas como reconciliadas.
    Saldo Ajustado  apresenta o saldo que ficaria no sistema caso nenhum lançamento de baixa seja reconciliados.
    (+)Entradas do extrato não lançadas   permite simular o saldo com um valor recebido ainda não lançado.
    (-)Saídas do extrato não lançadas  permite simular o saldo com um valor pago ainda não lançado.
    Saldo do Extrato simula o saldo final que deverá bater com o saldo no extrato do banco.
  4. Grave.

Importação do arquivo de extrato

É possível importar o arquivo do extrato fornecido pelo banco no formato .ofx, de forma a reconciliar automaticamente os lançamentos de baixa.

  1. Clique no botão Importar para localizar o arquivo no seu computador.
  2. Em seguida, clique em Sincronizar.
    Os lançamentos que conferirem o valor e a data serão marcados como reconciliados automaticamente.
    No extrato, os lançamentos são retirados à medida que forem associados ao ERPFlex.
  3. Para fazer uma reconciliação manual dos lançamentos que não foram sincronizados automaticamente, pressione CTRL+Clique para selecionar os lançamentos na janela à esquerda; em seguida, posicione o mouse sobre o lançamento do extrato importado e clique no botão   realizar o vínculo de reconciliação.
    Os lançamentos serão marcados como reconciliados.
  4. Clique no botão Gravar para confirmar a reconciliação.
    Após gravar a tela, no próximo acesso, os valores reconciliados não serão mais exibidos.
  5. Para consultar os movimentos já reconciliados, clique na caixa Mostrar os lançamentos já reconciliados.